Make your own free website on Tripod.com

Fagundes Varella

Biografia | Obra: Soneto

Biografia
Luiz Nicolau Fagundes Varella nasceu no Rio Claro, Rio de Janeiro, em 17 de agosto de 1841 e faleceu em Nicteroya em 18 de fevereiro de 1875. Estudou Direito em São Paulo, onde se casou com uma prostituta. Dessa união, nasceu o filho primogênito, que veio a falecer com apenas três meses de vida. Amargurado, o poeta entregou-se totalmente à vida boêmia e ao álcool. Seus últimos anos de vida, passou-os longe das grandes cidades, buscando refúgio na religião e no contato direto com a natureza e com pessoas simples da vida rural. A poesia que produziu nessa fase reveste-se de preocupação espiritual, apresentando caráter panteísta.
Sua obra poética, embora ainda presa a certas atitudes ultra-românticas, como o pessimismo, a solidão e a morte, aponta rumos novos, que conduzem à geração seguinte. Quanto à forma, Varela introduz o tom grandiloqüente da oratória e a abundância de imagens.

Soneto


Fagundes Varella

Eu passava na vida errante e vago
Como o nauta perdido em noite escura,
Mas tu te ergueste peregrina e pura
Como o cisne inspirado em manso lago,

Beijava a onda, num soluço mago,
Das moles plumas a brilhante alvura,
E a voz ungida de eternal doçura
Roçava as nuvens em divino afago.

Vi-te; e nas chamas de fervor profundo
A teus pés afoguei a mocidade
Esqueci de mim, de Deus, do mundo ! ...

Mas ai! Cedo Fugiste ! ... da saudade,
Hoje te imploro desse amor tão fundo
Uma idéia, uma queixa, uma saudade!

 

Parar

Play/Pause

Diminuir Volume

Aumentar Volume