Make your own free website on Tripod.com

Guimarães Rosa

Biografia | Obra: trecho do livro Saragana 

Biografia
João Guimarães Rosa nasceu em Cordisburgo (MG) em 1908. Formado em medicina, exerceu a profissão até 1934, quando ingressou na carreira diplomática.
Sua primeira obra foi Magma, um livro de contos que ficaria inédito. Estreou, de fato, para o publico em 1946 com um livro de contos que se tornaria um marco em nossa literatura: Sagarana. Mas sua consagração definitiva viria dez anos depois com o romance Grande sertão: veredas.
Eleito para a Academia Brasileira de Letras em 1963, tomou posse em 1967 e morreu três dias depois.
Na obra Grande sertão: veredas, o sertão não vai se limitar ao espaço geográfico, mas simboliza o próprio universo.
O sertão criado por Guimarães Rosa é uma realidade geográfica, social , política mas também é uma realidade psicológica e metafísica. Nesse espaço, o sertanejo não é apenas o homem de uma região ou de uma época, mas homem universal, passando por problemas eternos: o bem e o mal, o amor, a violência etc.. .Daí classifica-se seu regionalismo como regionalismo universalista.
Quanto ao processo narrativo, geralmente suas histórias concentram-se em torno de “casos”. Ele escreveu o romance Grande sertão: veredas, e alguns contos como Corpo de baile, Primeiras estórias, Tutaméia: terceiras estórias e outras.

Trecho do livro Sagarana


Guimarães Rosa

"Enlameado até a cintura, Tiãozinho cresce de ódio. Se pudesse matar o carreiro... Deixa eu crescer!... Deixa eu ficar grande!... Hei de dar conta deste danisco... Se uma cobra picasse meu Soronho... Tem tanto cascavel nos pastos... Tanta urutu, perto de casa... se uma onça comesse o carreiro, de noite... Um onção grande, da pintada... Que raiva!...
Mas os bois estão caminhando diferente. Começaram a prestar atenção, escutando a conversa de boi Brilhante."

 

Parar

Play/Pause

Diminuir Volume

Aumentar Volume


  Clique "Play" para ouvir a leitura...

topo da página

bibliografia: